Não se mede, não se julga. Se acolhe.

Só conseguimos transformar algo que dói se somos capazes de olhar e "pegar no colo", enquanto seguimos negando essa sensação, ela só cresce e nos domina. É preciso reconhecer que ela existe para colocá-la em movimento e deixá-la passar.

Sabe, quando alguém nos conta que está vivenciando um momento difícil e divide as suas questões? É importante escutarmos com atenção antes de darmos uma opinião, falarmos de nossos próprios problemas como sendo "maiores" ou tentarmos "dourar" a situação, como sugere a pesquisadora Brené Brown. Sofrer e sentir dor faz parte da nossa…


Foto: Jon Flobrant

Sabe aquela ideia de equilibrar todos os pratinhos e conseguir mantê-los no mesmo nível o tempo todo? Não se trata desse texto. E para quem já fez processo de Coaching e refletiu sobre a sua Roda da Vida, projetou atingir a pontuação 10 em todos os aspectos de sua vida? Também não se trata desse texto.

O que quero trazer para vocês é que está tudo bem conseguirmos manter alguns pratinhos em detrimento de outros e também está tudo bem a Roda da Vida não estar visualmente harmônica com pontuações altas e equilibradas. Está tudo bem!

Como seres humanos que…


Foto: Ronaldo de Oliveira

Com quantos “e se” você tem se distraído?

Quando estamos nos planejando e tomando decisões que vão mexer com o nosso status quo, é comum ouvirmos aquelas vozinhas que nos atrapalham e incomodam a ponto de quase desistirmos.

Quando elas aparecem, podem nos paralisar ou distrair apontando todos os possíveis “e se”. “E se não for o trabalho que imagino?”, “E se eu for demitido?”, “E se fulano não gostar de mim?”.

Todos nós temos essas vozes ou sabotares dentro de nós mesmos, e o trabalho delas é manter o nosso status quo. Elas tem todos os motivos prontos para…


Foto de Nareeta Martin

Acredito piamente que recebemos um chamado bem importante - as coisas não vão bem.

Somos passageiros aqui e os que realmente vão pagar a conta se não repensarmos a maneira como estamos vivendo. Exploramos a natureza muito mais do que ela consegue se regenerar e é o que vemos nesses dias de recolhimento: sem os homens atuando incessantemente, ela retorna lindamente.

Essa parada é para refletirmos, revermos, repensarmos, nos reeducarmos, replanejarmos. Irmos mais devagar.

Esse texto, que li há muitos anos e traduzi, traz como conteúdo essa necessidade de desacelerarmos.

"Não tão rápido!

Aqueles de nós que pensam que o…


6 questões vão te ajudar nesse desafio.

Nos processos de Coaching os clientes chegam com bastante ansiedade para planejarem e visualizarem os passos futuros, desejam logo partir para o plano de ações para saírem da situação em que se encontram. Esse sentimento é muito natural quando estamos insatisfeitos ou incomodados com algo em nossas vidas.

Meu convite para 2019 e para todos os ciclos que pretendemos iniciar: é imprescindível fecharmos muito bem o ciclo atual para que o seguinte seja melhor. O final do ano é uma boa época para isso, certo?

Não é possível pularmos etapas se sonhamos com…


Estamos constantemente em busca de uma sensação de preenchimento, de contentamento. Nessa tentativa procuramos algo ou alguém que possa nos dar isso. E o que encontramos? A necessidade de olharmos mais a fundo para o que nos falta, porque o outro ou o externo pode até dar uma sensação temporária de completude, mas logo essa sensação se esvazia, e novamente passamos a buscar algo diferente por não termos procurado pelo o que de fato pode nos completar.

Não importa a promoção na empresa, comprarmos o carro do ano ou fazermos uma viagem incrível. Nada disso irá nos satisfazer a longo…


4 questões para se autoinvestigar e fazer as pazes (mesmo que internas) com o seu opositor.

Te convido a fazer uma visualização.

Pense em uma pessoa que te "tira do sério", que te desestabiliza, que consegue estragar o seu dia e que só de pensar já te gera um desânimo. Não demora muito e já temos alguém em mente, não é mesmo? "Eu, uma pessoa que busco ser melhor a cada dia, que me olho, que me trabalho, tenho um "inimigo""? Sim, todos nós temos um opositor. …


Quando entramos em assuntos polêmicos num grupo, tem sempre quem diz: "melhor mudar de tema". Isso porque temos dificuldade em escutarmos ativamente o outro e nos abrirmos para o que vem. Enquanto a pessoa fala, ao invés de praticarmos a escuta, ficamos elaborando a nossa resposta, a nossa posição. Potencializamos essa postura em assuntos nos quais discordamos do conteúdo que está sendo expresso, principalmente se for algo que mexa com os nossos valores.

Mas precisamos aprender a conversar sobre todos os temas, já que em muitos não fomos ensinados, pois tanto na escola quanto em casa eram proibidos. Não discutirmos…


Estamos no meio do ano e nada como esse momento da jornada para reavaliarmos o que nos propusemos a fazer, o que pretendíamos melhorar e checarmos se estamos de fato no caminho do que desejamos conquistar até o final do ano.

Lembra do texto que publiquei no final de 2017: "5 passos para planejar o novo ano de forma efetiva"? Como foi fazer os exercícios? …


Sabe aquele balanço de praça que brincávamos quando criança? Para a brincadeira acontecer tinha aquele vai e vem, hora no alto, hora no baixo. Mas me lembro que algumas vezes esse movimento estancava quando uma criança queria deixar a outra de "castigo". Isso reflete muito a nossa vida adulta quando decidimos nos posicionar radicalmente sobre algo: isso é bom, aquilo é ruim. Nos juntamos a quem está embaixo e sentenciamos quem está em cima. Damos um "gelo".

Dizer que uma pessoa é "de bem" e a outra "do mal", que uma situação é totalmente péssima e que a outra é…

Marisa Bussacos

Aconselhadora Biográfica & Coach. Apaixonada por desenvolvimento humano, pessoas e suas complexidades. Curiosa por ideias criativas e negócios com alma

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store